São ambas danças clássicas, com compasso ternário, progressivas e por isso dançadas em torno da pista de dança

Valsa e Valsa Vienense

A Valsa Vienense é o estilo original da valsa, e como todas as demais (existem várias) a Vienense é dançada em ritmo ternário, mas geralmente em composições com fórmula de compasso composto (6/8, 9/8, 12/8 etc).

Diferente da Valsa Lenta, as músicas de Valsa Vienense são bastante rápidas, e é fortemente caracterizada pelo movimento circular dos parceiros girando em torno um do outro à medida que progridem na linha de dança.

 

Os nomes de Johann Strauss (filho), o imperador Franz Josef e Sissi seriam menos glamourosos sem a Valsa Vienense. É o sinônimo musical da monarquia de Habsburgo. A Valsa Vienense representa a Europa continental na dança de salão e graças ao seu balanço, seu glamour aristocrático e sua antiga tradição.

 

É considerada a mais antiga das danças de salão, que tem sua origem por volta do século XII por alguns historiadores, e teve seu apogeu durante o século XIX com a dinastia de compositores Strauss e a monarquia dos Habsburgos.

 

Na década de 1920, a Valsa Vienense quase desapareceu, perdendo seu espaço para os estilos de dança mais modernos da América Latina, como a Valsa Lenta e o Foxtrot.

 

Mas graças a dois homens a Valsa Vienense tornou-se socialmente aceitável nos salões de baile novamente.

 

O primeiro foi o ex-oficial austríaco Karl von Mirkowitsch estabeleceu-se como professor de dança após a abolição da monarquia dos Habsburgo, e transformou a Valsa Vienense em uma dança de salão. Em 1938, conseguiu integrá-lo no programa internacional de dança de salão.

 

Em 1951, o professor de dança Paul Krebs combinou com sucesso a antiga tradição da Valsa Austríaca com o estilo Inglês no festival de dança em Blackpool, coroando com grande sucesso a ponto de a Valsa Vienense ser incluída no grupo de Danças de Salão Standard.

 

Ritmo: ternário

Acento: 1

Velocidade: em torno de 58 a 60 bpm (compassos por minuto)

 

A Valsa Lenta, também conhecida como Valsa Inglesa, ou simplesmente Valsa, é uma dança com ritmo ternário (3/4, 3/8, etcx) e é caracterizada por seu movimento de subida e descida, que passa a sensação de os dançarinos estão flutuando.

 

A Valsa Lenta é uma das muitas derivações da Valsa Vienense, e surgiu na virada do século XIX para o século XX, como uma das variações da Valsa Boston, criada nos EUA por volta de 1830, e que tinha um andamento mais lento do que a tradicional Valsa Vienense.

 

A Valsa Lenta foi regulamentada na Inglaterra por meio de várias conferências entre 1921 e 1929, e quase extinguiu a sua irmão mais velha, a Valsa Vienense, a qual ressurgiu no final dos anos 1930.

 

Desde 1929 faz parte do circuito de competições.

 

Ritmo: ternário

Acento: 1

Velocidade: em torno de 28 a 30 bpm (compassos por minuto)