São ambas danças clássicas, com compasso ternário, progressivas e por isso dançadas em torno da pista de dança

Valsa e Valsa Vienense

O Tango chegou em Paris, vindo do Rio da Plata, em Buenos Aires por volta de 1910, e infectou toda a cidade com seu encanto erótico. Pouco tempo depois, isso incluiu toda a Europa e, em seguida, o globo inteiro. O Tango foi dançado com o mesmo fervor em Viena, Berlim, Moscou, Helsinki e Tóquio.

 

Na grande conferência para professores de dança inglesa em Londres, em 1921, o Tango foi padronizado. Aqui, o Tango-Milonga foi apresentado. Esta forma européia era mais fácil de dançar e estava um pouco mais próxima da forma inglesa e do senso de movimento. O Tango foi assim adaptado ao estilo de dança inglesa. Então, no famoso congresso de Londres em 1929, os professores de dança ingleses finalmente declararam o Tango com 30 a 32 batidas por minuto como uma dança padrão.

 

Ritmo: binário

Acento: 1 e 2

Velocidade: em torno de 31 a 33 bpm (compassos por minuto)

 

https://www.youtube.com/watch?v=q2RTWViNbeQ